Que receber DICAS, INFORMAÇÕES, VÍDEOAULAS, APOSTILA e participar de várias PROMOÇÕES através do Facebook. Basta curtir nossa FanPage.

SOU CONCURSEIRO E VOU PASSAR


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

PREPAREM-SE VEM AÍ CONCURSOS PÚBLICOS DA POLÍCIA FEDERAL E POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL



Concurseiros,

Observem algumas postagens antigas do nosso blog onde eu já falava vem aí concurso público da Assembleia Legislativa, vem aí o concurso público do TRT.... tudo com bastante antecedência e todos esses concursos realmente saíram.

Agora caros companheiros, vocês sabem me dizer o que muitos de vocês fazem??? NADA.... deixam para estudar apenas quando o edital sai e ainda ficam reclamando que o prazo do edital para a prova é muito curto.

Portanto, você quer passar em um concurso público siga esta regra: ESTUDE COM ANTECEDÊNCIA ANTES DA PUBLICAÇÃO DO EDITAL.

Deus está pedindo para você ler esta notícia e levar a sério:
Vão ser realizados concursos públicos para ingresso dos novos profissionais das Polícias Federal e Rodoviária Federal. A ideia é melhorar a proteção das fronteiras brasileiras

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou ontem que a presidente Dilma Rousseff autorizou a contratação de 1.500 homens da Polícia Rodoviária Federal e 1.300 da Polícia Federal. Ele não detalhou, porém, quando os editais dos concursos serão lançados. Segundo o ministro, os servidores que ingressarem a partir de agora nestes dois órgãos serão lotados nas fronteiras.

O anúncio foi feito durante a assinatura de pacto com 11 Estados para fortalecer a proteção das fronteiras brasileiras. O governo pretende investir R$ 37 milhões para reforçar o policiamento dessas regiões.

Segundo Cardozo, o reforço nas fronteiras só começa a partir de 2012 devido ao período de treinamento. “Pretendemos melhorar as condições daqueles que trabalham na fronteira. Isso não é uma promessa, é uma decisão”, disse.

Os Estados participantes do Plano Estratégico são Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Estados têm que mostrar seus projetos

Para conseguirem verba do governo para o pacto de proteção às fronteiras, Estados como o Amazonas precisarão apresentar projetos, que serão avaliados pelo Ministério da Justiça segundo “critérios bastante objetivos”, conforme diz Cardozo. “Não será em momento algum a remessa de recursos feita de maneira aleatória. Tudo exigirá um plano com objetivos muito bem postos que serão acompanhados pelo Ministério da Justiça ao longo da execução”.

O pacto faz parte da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron) e envolve os ministérios da Justiça e da Defesa, sob coordenação do vice-presidente Michel Temer.


FONTE: http://acritica.uol.com.br/noticias/Manaus-Amazonas-Amazonia_0_605939504.html

VÍDEO-AULA

Loading...