segunda-feira, 25 de maio de 2015

22 deputados pressionam por autorização das 4.730 vagas





O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) conta com a pressão do Legislativo para que o Ministério do Planejamento autorize seu concurso. Pelo menos dois ofícios foram enviados à pasta cobrando a seleção, sendo um do deputado Chico Alencar (Psol-RJ) e outro de Simone Morgado (PMDB-PA). Ambos ainda não receberam respostas do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, e não há prazo legal para isso. O concurso do INSS é a prioridade do próprio Planejamento, segundo Barbosa disse a Simone Morgado, antes de a parlamentar enviar o documento. Diante disso, espera-se a autorização este ano. Simone revelou que enviou o ofício para agendar uma reunião com o ministro, a fim de saber quando a seleção terá o aval.

O último entrave para que o concurso seja autorizado foi removido na sexta, 22, quando foi divulgado o contingenciamento orçamentário de R$69,9 bilhões. Oficialmente, porém, concursos federais não estão nesse quantitativo e, segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o esforço do governo é no sentido de manter o nível dos gastos com pessoal em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o que já vem sendo feito nos últimos anos.  O que pode animar a quem, ansiosamente, aguarda o concurso do INSS é que o Ministério da Previdência Social não foi tão afetado pelo corte. Segundo o Planejamento, os ministérios das Cidades (R$17,232 bilhões), da Saúde (R$11,774) e da Educação (R$9,423) foram os que mais tiveram reduções.

O INSS solicita 4.730 vagas, sendo 2 mil de técnico do seguro social, de nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos são de R$4.620,91 para técnico, R$7.504,45 para analista e R$10.559,64 para perito. Chico Alencar (Psol-RJ) pede prioridade para o concurso, tendo em vista o prosseguimento da redução da desigualdade social no país. O documento por ele encaminhado tem as assinaturas de outros 21 deputados federais. Simone Morgado solicita prioridade para o concurso e a sua autorização em breve, tendo em vista o seguro defeso dos pescadores, que, conforme os decretos nº 8.424 e nº 8.425, começará em novembro, sem que haja servidores para os atendimentos.

O INSS sofre com a carência de pessoal, além das iminentes aposentadorias. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), ha carência de mais de 5 mil servidores, sendo que mais de 10 mil podem se aposentar. Quem também cobra o concurso é a Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps), que segue otimista em relação ao aval este ano, mas cogita a contratação dos aprovados para 2016. 
Fonte: Folha Dirigida

quinta-feira, 21 de maio de 2015

CONFIRMADO: Concurso Público da Polícia Civil do Amazonas ainda em 2015 em reunião das entidades representativas da Polícia Civil e o Secretário de Segurança

CONFIRMADO: Concurso Público da Polícia Civil do Amazonas ainda em 2015 em reunião das entidades representativas da Polícia Civil e o Secretário de Segurança

O titular da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Sérgio Fontes,confirmou a realização de concurso público para a Polícia Civil do Amazonas ainda neste ano, com edital publicado no segundo semestre de 2015. Tal confirmação aconteceu em reunião com todas as entidades representativas dos funcionários públicos da Polícia Civil do Amazonas (SINPOL, SINDEPOL, ADEPOL, ASSINPOL e outras).

Veja os tópicos abordados na reunião e o comprometimento do Secretário de Segurança:


PREPARE-SE INSS 2015: Autorização pode sair depois do corte orçamentário nos próximos dias


PREPARE-SE INSS 2015: Autorização pode sair depois do corte orçamentário nos próximos dias

Até esta sexta-feira, dia 22, a presidente Dilma Rousseff informará o contingenciamento orçamentário, que, enfim, mostrará as verbas com que cada ministério poderá contar este ano. A definição é importante para que o Ministério do Planejamento possa dar o aval a concursos inevitáveis como o do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), vinculado ao Ministério da Previdência Social. O que anima os candidatos é que o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, garantiu à deputada Simone Morgado (PMDB-PA) que o concurso da autarquia é prioridade na pasta. Tendo isso por base, acredita-se que os cortes não devem afetar a seleção do INSS.

O Planejamento tem sido pressionado pelo Legislativo a dar o aval às vagas do instituto o mais rápido possível, já que a pasta possui, pelo menos, dois ofícios cobrando a seleção. Um deles é do deputado Chico Alencar (Psol-RJ), solicitando prioridade para o concurso do INSS, e observando que disso depende o prosseguimento da redução da desigualdade social no país. O documento tem as assinaturas de outros 21 parlamentares federais. O outro ofício é da deputada Simone Morgado, que também pede prioridade ao concurso e a sua autorização em breve, tendo em vista o seguro defeso dos pescadores, que, conforme os decretos nº 8.424 e nº 8.425, começará a ser efetuado a partir de novembro, e não há servidores para realizar os atendimentos.

A preocupação dos parlamentares com o concurso é motivada pela grande necessidade de pessoal no INSS, além das iminentes aposentadorias. Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), ha carência de mais de 5 mil servidores, sendo que mais de 10 mil pode se aposentar. Quem também cobra o concurso é a Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps), que segue otimista em relação ao aval este ano, mas cogita a contratação dos aprovados para 2016.

Várias movimentações - O concurso, segundo o Planejamento, foi analisado parcialmente no contexto do Orçamento deste ano. O site de acompanhamento de processos da pasta ficou inativo por alguns meses, tendo em vista que um novo portal estava sendo construído. Esse novo site (Protocolo Integrado) já está disponível para consulta, e nele é possível ver que em março e em abril o processo teve diversas movimentações. Desde o dia 16 de abril, o pedido encontra-se na Coordenação-Geral do Setor Social II do Planejamento.

O INSS pede 4.730 vagas, sendo 2 mil de técnico do seguro social, de nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos são de R$4.620,91 para técnico, R$7.504,45 para analista e R$10.559,64 para perito.

terça-feira, 19 de maio de 2015

(CURSO PRESENCIAL) RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO


(CURSO PRESENCIAL) RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO 
com o Super Professor Leandro Moreira

ÚLTIMAS VAGAS!!!

Conteúdo do Curso:
Teoria dos Conjuntos
- Representação em diagramas
- União
- Intersecção
- Operações em conjuntos

Probabilidade
- Teoria da Probabilidade
- Probabilidade da: União, intersecção
- Probabilidade Condicional
- Probabilidade + Combinação

Mais informações: Av. Pará, Nº 840 - Vieiralves, Telefone: 334-1548 ou 98116-3075 (Whats App).

quarta-feira, 13 de maio de 2015

MANAUSPREV É NOSSA: Aprovação em massa dos alunos do Sou Concurseiro e Vou Passar


ALUNOS DO SOU CONCURSEIRO E VOU PASSAR APROVADOS NA MANAUSPREV
TECNICO PREVIDENCIARIO – ADMINISTRATIVO - 30 vagas
4º Luan Pedro -
5º Carolinne Nunes
8º Lucas de Souza Batalha
12º Laise Caroline
13 º Vanessa de Oliveira Lemos
16 º Luciane Maria Martires
20 º Elena Bessa
21 º Rubenilson Oliveira da Silva
23 º Hena Fernanda Guimarães Soares
25 º Samadhy Maria da Costa Barros Siqueira
26 º Gleicy Sintra de Freitas

TECNICO PREVIDENCIARIO – INFORMÁTICA - 2 vagas
1 º Ciro Nascimento Lopes
2 º Heron Jeovalino Bivaquia de Moura

PROCURADOR AUTARQUICO - 6 vagas
1 º Edson Rubim da Silva Reis Filho
5 º Eduardo Alves

ANALISTA ADMINISTRATIVO - 6 VAGAS
3 º Lucas de Souza Batalha 3
5 º Caio Cesar Andrade

ANALISTA CONTABILIDADE- 2 vagas
1 º Thiago freitas da silva

ANALISTA ADMINISTRAÇÃO- 2 vagas
2 º Andresa Nogueira do Carmo

ANALISTA SERVIÇO SOCIAL -2 vagas
1 º Luana Ferreira Tavares
2 º Deborah Aubert

terça-feira, 12 de maio de 2015

Confirmado concurso público Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), CESPE será a banca organizadora


Segue a expectativa pelo edital do concurso para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), organizado pelo Cespe/UnB. 

A oferta será 556 vagas, sendo 534 para lotação na própria pasta e 22 para a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). 

Segundo a Assessoria de Comunicação do ministério, novas informações serão divulgadas após a decisão sobre os cortes orçamentários adicionais. Como a autorização inicial foi concedida em dezembro de 2014, o ministério tem até o dia 18 de junho para publicar o edital.

No Planejamento, as vagas são para carreiras dos níveis médio e superior: administrador, engenheiro, analista de tecnologia da informação, analista técnico administrativo, médico, geólogo e técnico em assuntos educacionais, entre outras. Já para a Enap, também com chances para os níveis médio e superior, as funções são técnico de nível superior e técnico em assuntos educacionais. As remunerações iniciais para os cargos de nível superior variam entre R$3.489,42 e R$5.334,90, podendo alcançar valores mais altos, mediante avaliação. Para o nível médio, os ganhos iniciais são de R$2.818,02, também sujeitos a avaliação. Os aprovados terão ainda auxílio-alimentação, de R$373.

sábado, 9 de maio de 2015

CURSO GRATUITO DE INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS (RESOLUÇÃO DE QUESTÕES)


Professor Ricardo Gastone é Perito da Polícia Civil do Amazonas, professor em diversos cursos preparatórios para concursos públicos e um dos maiores especialistas em informática para concursos do país.

Seus alunos geralmente costumam gabaritar todas as questões de informática das provas de concursos públicos que participam. Venha conferir!!!

Para participar do curso gratuito de INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS é muito simples, basta acessar o link abaixo e cadastrar seu email, que automaticamente todos os materiais serão disponibilizados.


terça-feira, 28 de abril de 2015

PREPARE-SE: Agências federais podem abrir 1.929 vagas ainda este ano



Depois da aprovação e sanção da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015, e muito próximo de ser publicado o Decreto de Programação Orçamentária e Financeira (DPOF), que informa o quanto será o contingenciamento da União, aumentam as chances de serem autorizados, muito em breve, os concursos pendentes nas instâncias do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Entre alguns dos mais aguardados estão os das agências federais. Seis delas estão com pedidos tramitando na pasta: Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Agência Nacional de Águas (ANA). Juntos, todos os pleitos somam 1.929 vagas.

A ANS pediu ao Planejamento 102 ofertas para o nível médio, nas carreiras de técnico administrativo e técnico em regulação, com remunerações de R$5.791,25 e R$6.047,25, respectivamente, já com o acréscimo dos R$373 de auxílio-alimentação. Já a ANTT, por sua vez, fez a solicitação de 670 oportunidades. No antigo 2º grau, foram pleiteadas 45 vagas de técnico administrativo e 281 de técnico em regulação. Já para o superior, a autarquia quer mais 41 analistas administrativos e 303 especialistas. Os ganhos de nível médio são os mesmos da ANS, enquanto que os rendimentos para o 3º grau são de R$10.916,90 e R$11.776,90, respectivamente.

Bons ganhos - Uma ótima oportunidade para os níveis médio e superior também poderá ser oferecida pela Abin, que aguarda autorização para publicar edital com 470 vagas: 200 de oficial, com ganhos de R$14.662,34; e 150 de oficial técnico, com rendimentos de R$13.538,03 (nível superior). Para o médio, foram pedidas 50 vagas de agente, com remuneração de R$5.791,31; e 70 de agente técnico, cujos ganhos são de R$5.248,93.

A Anac, vinculada à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, solicitou 535 vagas de níveis médio e superior, o que pode ser logo autorizadas, tendo em vista o aumento dos vôos internacionais por conta das Olimpíadas em 2016. A maioria das vagas deverá contemplar os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, onde a agência tem forte atuação. O pedido é para 31 vagas de técnico administrativo, 138 de técnico em regulação, 83 de analista administrativo e 282 de especialista em regulação, sendo as duas para o ensino médio, e as demais, para graduados. Os ganhos são de R$5.791,25, R$6.047,25, R$10.916,90 e R$11.776,90, respectivamente.

A Anvisa também espera o aval para abrir 120 vagas de técnico administrativo, o que poderá atrair candidatos de todos os estados para Brasília, onde serão lotados os classificados. O cargo é destinado aos que concluíram o nível médio e proporciona ganhos de R$5.791,25. Inicialmente, a seleção irá prover todas as superintendências do país, incluindo a do Rio de Janeiro. Outro concurso que poderá ser priorizado é o da ANA, que pediu 32 vagas de analista, 12 delas para o setor de Tecnologia da Informação (TI) e as demais podendo ser distribuídas pelas áreas de Comunicação Social, Administração, Ciências Contábeis e Econômicas, Arquivologia, Biblioteconomia, Biologia e Engenharia. Os ganhos iniciais são de R$10.916,90.

QUADRO DE VAGAS 


ANS - 102 vagas - Nível médio
ANTT - 670 vagas - Níveis médio e superior
Anvisa - 120 vagas - Nível médio
Abin - 470 vagas - Níveis médio e superior
Anac - 535 vagas - Níveis médio e superior
ANA - 32 vagas - Nível superior

segunda-feira, 13 de abril de 2015

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO: Saiu edital do concurso: 143 vagas! Remuneração Até R$6.348


Foi divulgado nesta segunda-feira, dia 13, o edital de abertura do concurso para a área de apoio da Defensoria Pública da União (DPU) - veja no anexo abaixo. A demora na liberação do documento resultou ao menos em uma boa novidade: da oferta inicialmente prevista, de 60 oportunidades, estão sendo abertas 143 vagas, mais cadastro de reserva, em cargos dos níveis médio e superior. As inscrições terão início às 10h do dia 22 de abril, no site do Cespe/UnB, organizador, com atendimento aos candidatos até 11 de maio. Haverá também postos presenciais de inscrição, consultados no item 6.3.1 do edital. As taxas são de R$70 (nível médio) e R$100 (funções de grau superior). Os membros de família de baixa renda, inscritos do CadÚnico, podem solicitar a isenção, durante o prazo de inscrições, no site do organizador. O resultado preliminar dos pedidos de isenção será publicado no dia 15 de maio.
 
O cargo de agente administrativo, com oferta de 105 vagas iniciais, é o maior destaque da seleção, pois exige nível médio completo e paga a remuneração inicial de R$3.817,98. Já para os cargos de nível superior, os rendimentos variam de R$5.266,18 a R$6.348,27. Para anailsta técnico administrativo, poderão concorrer graduados em qualquer curso. Haverá também oportunidades para quem tem formação específica, nas funções de arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas). A carga de trabalho é sempre de 40h semanais. Há reserva de vagas a deficientes (5%). Esses candidatos deverão enviar ao organizador, via Sedex, laudo médico (original ou cópia autenticada), até o último dia de inscrições. O concorrente também poderá entregar o documento na sede do Cespe/UnB, em Brasília, em dias úteis, das 8h às 19h. Os deficientes passarão ainda por perícia médica, ainda sem data prevista.
 
A seleção ocorrerá somente por meio de prova objetiva, prevista para 21 de junho, e que será aplicada em todas as 26 capitais, além do Distrito Federal. O exame será composto por 120 questões para o cargo de agente, sendo 70 de Conhecimentos Básicos e 80 de Conhecimentos Específicos. Para as funções de nível superior, haverá 150 questões, sendo 70 de Conhecimentos Básicos e 80 de Específicos. Os candidatos às vagas de 2º grau realizarão a avaliação à tarde, e os concorrentes de 3º grau farão a prova pela manhã. Será considerado aprovado quem conseguir, no mínimo,  dois pontos na prova de Conhecimentos Básicos e três na de Conhecimentos Específicos. A validade inicial do concurso é de um ano, prazo que poderá ser prorrogado uma única vez, e por igual período.
 
Serviço
Inscrições: www.cespe.unb.br/concursos/dpu_15_administrativo
Envio do laudo médico (deficientes): Central de Atendimento do Cespe - Concurso DPU Administrativo 2015 (laudo médico) - Caixa Postal 4488, CEP 70904-970, Brasília/DF.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Aumenta a pressão pela realização do concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Aumenta a pressão pela realização do concurso para o INSS



Às 10h de ontem, dia 08/04/15, o Plenário da Câmara dos Deputados promoveu uma reunião da comissão geral para debater a Previdência Social, tendo entre os temas a necessidade de concurso para a autarquia.

A cobrança do concurso é justificada pela atual carência de pessoal do instituto e as iminentes aposentadorias.
O instituto solicita 4.730 vagas ao Ministério do Planejamento, sendo 2 mil de técnico do seguro social, de nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos iniciais são de R$4.620,91 para técnico, R$7.504,45 para analista e R$10.559,64 para perito.

A decisão sobre os temas debatidos, entre eles o CONCURSO, deve sair até o dia 27 deste mês.

Quem sonha em conquistar uma vaga no INSS deve estar bem preparado. Por isso, o SOU CONCURSEIRO E VOU PASSAR preparou um super pacote ON-LINE, com todas as disciplinas!


(PACOTÃO) TÉCNICO DO INSS - TODAS AS DISCIPLINAS




E pra quem vier se matricular no curso ONLINE na nossa sede, pagando à vista no dinheiro, ganhará um super desconto de CINQUENTA REAIS no valor do curso!!!


Saia na frente da concorrência.
Estude com quem tem o maior índice de aprovação do mercado!!!

Estamos à disposição!

Fone (92) 3345-1548, whatsapp (92) 98116-3075
Rua Pará, N. 840, sala 2, altos - Vieiralves