sexta-feira, 24 de julho de 2015

Greve no INSS pede realização de concurso público com urgência


Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram hoje (7) em greve por tempo indeterminado. Eles reivindicam reajuste salarial de 27,5% e melhores condições de trabalho e realização de concurso público com urgência. 
De acordo com a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), funcionários de 19 estados aderiram à paralisação. A entidade avalia que 70% dos servidores nesses estados estejam parados. A assessoria de imprensa do INSS informou que deve divulgar no fim do dia um balanço sobre a quantidade de estados e servidores parados.
Para Márcio Villano Bottini, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo (Sinsprev), a estimativa inicial é que 80% das agências amanheceram fechadas no estado. Segundo ele, o reajuste de 27,5% representa o cálculo da inflação acumulada desde 2010.
A proposta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão é reajustar em 21,3%, de forma parcelada, até 2019 (5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em 2019), foi rejeitada pelos trabalhadores.
"Precisamos de concurso público, pois falta muito funcionário para atender adequadamente a população. Queremos mais investimento. Temos agência sem tinta de impressão e papel para imprimir coisas básicas para os segurados. Isso é fundamental para a população", disse Márcio.
Pela manhã, na agência da região do Glicério, centro de São Paulo, segurados reclamavam da falta de informação. A agência é uma das maiores da capital, chegando a atender 700 pessoas por dia. Denise Romero, psicóloga de 57 anos, acompanhava a mãe, de 92 anos.
Denise precisa receber uma pensão por morte do pai. “Faz 15 dias que meu pai mrreu. Foi feito o agendamento e o procedimento, confirmado ontem (6). Fica difícil levar a sério uma situação como essa”, reclamou.
Marcia Aparecida Pinto, autônoma, 46 anos, é deficiente visual e precisava passar por perícia médica hoje. “Estava trabalhando, mas não consigo enxergar com meu único olho." Marlene da Silva, aposentada, 70 anos, reclamou da falta de informação no atendimento. "Tenho um empréstimo consignado em folha, mas não há repasse do INSS desde maio. Estou passando por isso e não sei a quem recorrer. Trabalhei a vida inteira e agora recebo um salário mínimo", explicou.
A orientação do INSS aos segurados é que as datas de atendimento serão remarcadas pela própria agência. Dúvidas podem ser esclarecidas pela central do telefone 135. Em nota, o INSS informou que considerará a data originalmente agendada como a de entrada do requerimento, "de modo a evitar qualquer prejuízo financeiro nos benefícios dos segurados".
Também em comunicado, o Ministério da Previdência Social informou "que têm baseado sua relação com os servidores no respeito, no diálogo e na compreensão da importância do papel da categoria no reconhecimento dos direitos da clientela previdenciária e, por isso, mantém as portas abertas às suas entidades representativas para construção de uma solução que contemple os interesses de todos".

Estude para o INSS agora mesmo. 

quarta-feira, 15 de julho de 2015

SAIU EDITAL DO BANCO DO BRASIL: Inscrições abertas para 300 vagas, com até R$4.672,00


Empresa do Banco do Brasil, a BB Tecnologia divulgou nesta segunda, dia 13, edital de concurso para três cargos - veja o documento no anexo abaixo. A oferta total é de 300 vagas, assim distribuídas: técnico administrativo (nível médio e apenas para formação de cadastro de reserva), técnico de operações (nível médio/técnico, com 123 vagas imediatas, mais CR) e analista de produção (nível superior, com 177 oportunidades, mais CR). Os vencimentos são de R$1.470,44, R$1.737,78 e R$3.823,12, respectivamente. No entanto, com a inclusão de R$849,36 de auxílio-refeição e alimentação, as remunerações passam para R$2.319,80, R$2.587,14 e R$4.672,48. Os funcionários do BB Tecnologia ainda terão direito a auxílio-creche, vale transporte, plano de saúde, reembolso sobre medicamentos, odontológico e oftalmológico.

Para técnico administrativo, são contempladas as cidades de Feira de Santana, Salvador, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo. Já para técnico de operações há oportunidades em 52 cidades de todos os estados. Já para analista de operações, as vagas são para Brasília, Goiânia, Belém, Rio de Janeiro e São Paulo. Para o cargo de analista, as oportunidades contemplam as seguintes áreas: Desenvolvimento (ERP), Desenvolvimento (Mainframe), Desenvolvimento (Mobile), Desenvolvimento (Plataforma Baixa), Infraestrutura e Sistema Operacional, Modelagem/Administração Banco de Dados; Processos de TI; Redes, Telecom e Segurança, além de Requisitos e Testes de Software.
 
As inscrições já são recebidas pelo site da Quadrix, organizadora da seleção, e poderão ser feitas até o dia 6 de agosto. As taxas são de R$26,50 (técnico administrativo), R$28,50 (técnico de operações - equipamentos) e R$38,50 (analista de produção). A carga de trabalho, para todos os cargos, é de 40h semanais. As provas objetivas serão aplicadas em duas datas: 23 de agosto (para candidatos de nível superior) e 6 de setembro (funções de nível médio). A validade do concurso será de um ano, prorrogável por igual período. As contratações serão feitas pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.

CURSO ON-LINE - SOU CONCURSEIRO E VOU PASSAR

quarta-feira, 8 de julho de 2015

TURMA PRESENCIAL - INSS (Técnico Previdenciário - Nível Médio)



O nosso diferencial é que o curso é planejado em cima de um conteúdo programático para que todo o assunto seja abordado, no início do cursos o aluno recebe o calendário com o quantitativo de aulas por matérias e os dias de cada uma, isso significa compromisso com o seu aprendizado�� ����

Equipe de Professores Nota 10:
  • Português -Edson Botelho
  • Informática- Gastone
  • Rac. Lóg. Mat- Leandro
  • Direito Administrativo - Fábio
  • Direito Constitucional - Fábio
  • Direito Previdenciário: Carlos Alves
  • Ética - Fábio
  • Lei 8.112/90 - Fábio
Obs: o curso abrange todo o conteúdo do ultimo edital.
Início: 20.07.2015
Témino: 26.09.2015

Hora: 14h30 as 17h40 (seg a sexta)
Obs: terão 3 aulas no sábado.

Valor do pacote:
R$700,00 até 2x no cartão
Ou R$650,00 à vista

As matrículas para o pacote já abriram, o valor é referente ao pacote todo ( quase 3 meses de aula).

Mais informações:
Rua pará, número 840, sala 2, primeiro andar.
(Após a loja Arsenal (lado direito) e 2 prédios antes do restaurante sabor a mi. Tem um estacionamento grande na frente, pode subir, sala no primeiro andar).

Segunda a sexta: 9h as 20h
Sábado: 8h30 as 12h
Domingos e feriados não tem atendimento.
Contato:
Fixo: 3345-1548 ou Whats app: (92) 98116-3075

segunda-feira, 6 de julho de 2015

(APLICATIVO) Mega apostila de Matemática do Zero e Raciocínio Lógico Descomplicado


APLICATIVO SOU CONCURSEIRO E VOU PASSAR - Mega apostila de Matemática do Zero e Raciocínio Lógico Descomplicado - Baixe agora mesmo nosso aplicativo (Apple Store ou Google Play)

O Professor Leandro, considerado um dos melhores professores de Matemática e Raciocínio Lógico do Brasil, preparou uma mega apostila para seus alunos com muita teoria e dezenas de questões.

Aproveite!!! Baixe agora mesmo nosso aplicativo: Sou Concurseiro e Vou Passar

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Técnico do INSS tem inicial ainda mais atrativo: R$5.259 mensais


A onda de notícias para os interessados em surfar no já autorizado concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é pra lá de animadora, positiva

Depois da autorização formal de 800 vagas para técnico (nível médio) e de 150 para analistas (para graduados em Serviço Social), o setor de RH da autarquia atualizou, nesta quinta (2 de julho), os vencimentos iniciais pagos a ambas as funções. Atualmente, técnicos do seguro social recebem R$5.259,87 mensais, enquanto analistas ganham R$7.869,09. Até então, as cifras divulgadas eram de R$4.620,91 e R$7.504,45, respectivamente. Os novos valores representam um ganho real de R$638,96 (+12%) no caso dos técnicos e de R$364,64 (+4,6%) para os analistas. Fato que tornará o concurso ainda mais atraente e que, por certo, servirá de incentivo para que um número maior de concorrentes mergulhe de cabeça na disputa pela oportunidades abertas.

A autorização das 950 vagas para o INSS ocorreu na última segunda, 29 de junho, por meio de publicação de portaria do Ministério do Planejamento no Diário Oficial da União. Também nesta quinta, a assessoria da autarquia confirmou que os preparativos para o concurso, que terá âmbito nacional, já foram iniciados. "Independentemente do número de vagas solicitadas pelo Instituto, o quantitativo autorizado é definido pelo MPOG de acordo com o seu planejamento e calendário. Todas as 950 vagas - tanto as de técnico quanto as de analista, portanto - serão destinadas à lotação nas agências da Previdência Social, nas diversas regiões do país. O INSS ainda está concluindo o mapeamento interno necessário à identificação daquelas localidades com maior carência de pessoal e, por isso, ainda não há informação disponível sobre a distribuição das vagas". 


Para auxiliar na preparação dos interessados em ingressar no INSS, o Sou Concurseiro e Vou Passar disponibiliza um acervo de + 200 vídeos, com aulas e resolução de questões das disciplinas cobradas nas provas do cargo de técnico do seguro social. Quer acelerar seus estudos? Então, acesse AQUI. 

segunda-feira, 29 de junho de 2015

(NOTÍCIA BOMBÁSTICA) INSS é autorizado a realizar concurso para 950vagas


Serão 800 vagas para técnico e 150 para analista do seguro social. Edital deve ser publicado até dezembro deste ano. 
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi autorizado a realizar um novo concurso para um total de 950 vagas. A autorização foi dada pelo Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG) por meio da portaria nº 251 publicada no "Diário Oficial da União" desta segunda-feira (29).
INSS vai transferir médicos para unidade que teve fraude em ponto (Foto: Reprodução EPTV)
INSS (Foto: Reprodução/EPTV)
Serão 800 vagas para técnico do seguro social (nível médio) e 150 para analista do seguro social (nível superior).
O último concurso do INSS foi realizado em 2013 e ofereceu 300 vagas para o cargo de analista do seguro social. O salário foi de R$ 7.147,12. A organizadora foi a Funrio. A seleção teve as provas reaplicadas depois que alguns candidatos tiveram problemas de insuficiência de cadernos de provas e confusão em locais de provas. O resultado final doi divulgado em amio de 2014.
Para técnico, o último concurso foi em 2011 quando foram abertas 1.500 vagas para o cargo. Nesta seleção, também foram oferecidas 375 vagas para o cargo de perito médico previdenciário.
O provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas na data de publicação do edital  de abertura de inscrições para o concurso público; e à declaração do respectivo ordenador de  despesa sobre a adequação  orçamentária  e financeira  da  nova  despesa com  a  Lei Orçamentária Anual e a sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.
O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público será de até 6 meses, contado da data de publicação desta Portaria, ou seja, até dezembro de 2015.


terça-feira, 23 de junho de 2015

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL solicita novo concurso com 1,5 mil vagas


Salário inicial da carreira é de R$ 6.418,25. Ao todo, existem 13,1 mil cargos de policiais e 10,1 mil estão preenchidos.


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) solicitou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) a abertura de um novo concurso para o preenchimento de 1,5 mil vagas. O pedido foi feito no fim de maio.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal, essas vagas já existem desde 2011, quando foram criados 3 mil novos cargos. Ao todo, existem 13.098 cargos de policiais rodoviários federais, sendo que 10.067 estão preenchidos. O subsídio inicial da carreira é de R$ 6.418,25 e mais R$ 373 de auxílio alimentação. Para ingresso no cargo, atualmente, é exigido nível superior completo em qualquer área.

A Polícia Rodoviária Federal está com dois concursos em andamento. O primeiro oferece 1 mil vagas de policial. No total, 109.769 candidatos se inscreverem (109,77 por vaga). A abstenção (índice de faltosos) na prova foi de 19,7% - cerca de 22 mil inscritos não compareceram, uma concorrência média de 88 candidatos por vaga. Do total das vagas, 5% das vagas (50) serão reservadas para pessoas com deficiência.

O último concurso foi realizado em 2009 e foram preenchidas 1.500 vagas.

O segundo oferece 216 vagas para agente administrativo, porém, as etapas estão suspensas até que a investigação sobre problemas que ocorreram durante a aplicação das provas objetivas, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, seja concluída. A informação foi publicada na página oficial da corporação no Facebook. Ao todo, 259.136 candidatos se inscreveram, concorrência média de 1.199 pessoas por vaga.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO AMAZONAS deve lançar concurso com 75 vagas para nível médio neste ano


Edital deve ser lançado no 2º semestre; oportunidades serão para nível médio. Salários devem variar entre R$ 2.300 e R$ 2.400, segundo o órgão.


O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) deve realizar um concurso público este ano. O anúncio foi feito pelo procurador geral de Justiça, Fábio Monteiro, nesta quinta-feira (26), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), durante a apresentação do Relatório Anual de 2014 do órgão. Segundo a assessoria de comunicação do MP, o edital, que deve ser lançado no segundo semestre, vai disponibilizar 75 vagas. 

As oportunidades serão voltadas a quem tem formação de nível médio. O objetivo do MPE-AM é atender à demanda dos municípios do interior do estado. Conforme a assessoria de comunicação, os salários devem variar entre R$ 2.300 e R$ 2.400. Os cargos devem oferecer ainda auxílio-alimentação.
Resultados
Durante a sessão na Aleam, o Fábio Monteiro apresentou uma compilação de informações das atividades realizadas pelo MPE-AM no ano passado.

De acordo com a assessoria de comunicação da Casa Legislativa, o procurador geral de Justiça afirmou que a gestão do MP tem o objetivo de aproximar as atividades do órgão às necessidades da população. Uma das ações do Ministério Público do Estado é a implantação de promotorias e designação de promotores de justiça a todas as cidades do Amazonas.

INSS: Servidores confirmam greve e cobram concurso público com urgência


A Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps) confirmou que a partir do dia 7 de julho a Previdência Social, o que inclui o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entrará em greve, sem data para voltar aos trabalhos. A confirmação se deu após o presidente da Anasps, Alexandre Lisboa, reunir-se com os presidentes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), Sandro Alex de Oliveira Cezar, do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social (Sindsprev) de Alagoas, Célio dos Santos, e do Sindsprev de Pernambuco, Irineu Messias.
 
A Anasps apresentou ainda sua pauta de reivindicações. Nela constam, além do reajuste da remuneração e da incorporação das gratificações nas aposentadorias e pensões, a realização do concurso do INSS em análise no Planejamento, devido às iminentes aposentadorias. O INSS solicita ao Ministério do Planejamento 4.730 vagas, sendo 2 mil de técnico do seguro social, de nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos são de R$4.620,91 para técnico, R$7.504,45 para analista e R$10.559,64 para perito.
 
De acordo com Alexandre Lisboa, a necessidade de pessoal do instituto deve ser levada em conta pelo governo, apesar do atual cenário econômico. A carência apontada pelo dirigente sindical foi revelada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo o maior órgão de fiscalização do país, há necessidade de mais de 5 mil servidores e mais de 10 mil em condições de se aposentar. Por isso, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, revelou prioridade da pasta ao concurso do instituto. No entanto, isso ainda não se transformou em autorização. A pressão pela seleção da autarquia, portanto, aumenta cada vez mais.
 
Além dos sindicatos, deputados federais também fazem cobranças. Chico Alencar (Psol-RJ) e Simone Morgado (PMDB-PA) se sensibilizaram com a questão e enviaram ofícios ao Ministério do Planejamento, solicitando prioridade e o aval imediato. Chico Alencar alega que disso depende o prosseguimento da redução da desigualdade social no país, e seu documento tem as assinaturas de outros 21 parlamentares. Simone Morgado preocupa-se com o seguro defeso dos pescadores no Pará, que começará em novembro, sem que haja servidores para os atendimentos. Ainda não houve respostas para os ofícios. 

FONTE: FOLHA DIRIGIDA

POLÍCIA FEDERAL: Solicitação de 558 vagas para delegado e perito segue em análise


Prossegue em análise, desde o fim de maio, na coordenação da Secretaria de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, o processo que trata da consulta de disponibilidade orçamentária para a realização do concurso para 558 vagas da Polícia Federal (PF). O departamento planeja abrir, se possível, ainda este ano, 491 vagas de delegado e 67 de perito, cargos de nível superior, com remuneração inicial de R$17.203,85.

Para o cargo de delegado, a formação superior necessária é o bacharelado em Direito. Além disso, também é necessário possuir experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. Já para perito, o curso superior exigido varia conforme a área de atuação (são 18 áreas possíveis, algumas admitindo formação em diferentes cursos). Em ambos os casos, é preciso possuir ainda carteira de habilitação, na categoria B em diante. Pela política adotada pela PF, a lotação inicial dos concursados será prioritariamente em áreas de fronteira. O reforço dessas regiões é, inclusive, um compromisso da presidente Dilma Rousseff, o que pode acelerar a liberação do concurso.
 
Desde o fim do ano passado, com a edição do Decreto 8.326, a PF não precisa de autorização do Planejamento para realizar concursos para cargos policiais. Para isso, basta que 5% das vagas do respectivo cargo estejam ociosas. Outra possibilidade é por determinação do ministro da Justiça, conforme a necessidade. Ao Planejamento, cabe agora apenas a confirmação de verba para o preenchimento das vagas. O último concurso para delegado e perito aconteceu em 2012 e foi organizado pelo Cespe/UnB.

FONTE: FOLHA DIRIGIDA