quinta-feira, 10 de julho de 2014

Qual o nível de estudos que devo estudar para um concurso público?



Ontem (09/07/2014) começou a preparação presencial para o concurso público da Polícia Civil do Amazonas no Curso Equipol, muitos alunos novos e muitos antigos que já esperam a publicação deste tão sonhado edital acerca de dois anos (que agora parece agora vai sair mesmo!!!).

Bom, o motivo desta postagem são alguns comentários que me chamaram muito a atenção nos corredores do curso:
- Que devem estudar apenas o "basicão" das matérias de direito. 

- Que não gostaram de certas aulas, pelo grande aprofundamento da matéria pelos professores.

-  Que as aulas não tiveram muita piada e nem muita gracinha por parte dos professores.

- Que copiaram muito.

- Que foi passado muito entendimento jurisprudencial do STF e STJ, que isso não é cobrado nas provas.


Respondi o seguinte: o mundo vai acabar mesmo. Em qualquer lugar do Brasil os comentários acima seriam elogios e não críticas ao trabalho dos professores, que estão batalhando demais para prestar o melhor serviço aos alunos.

Ademais meus caros alunos, com aumento das remunerações dos cargos da Polícia Civil do Amazonas de investigador, escrivão e delegado de polícia, onde ganharão mais que os agentes, escrivães e delegados da Polícia Federal, o próximo concurso da PC/AM será um dos mais disputados do país. Acredito que muita gente super preparada e motivada pela grande remuneração virá prestar este concurso.

Outro ponto importante, o aluno deve parar de pensar que só pelo fato de estar se preparando para o cargo de investigador/escrivão não deve aprofundar os assuntos, que não deve saber entendimentos jurisprudenciais do STF ou do STJ que não será cobrado. Pensar desta forma é um absurdo, todas as bancas ao elaborar questões da área do direito, sempre colocam questões envolvendo entendimentos jurisprudenciais dos tribunais superiores, sendo que uma questão errada pelo desconhecimento destes entendimentos, jogará o candidato lá para baixo na lista de aprovados, isso se atingir o número mínimo de acertos.

Pessoal, hoje não existe mais isso de estudar só o "be a bá" do conteúdo programático, confesso que é mais fácil e muitos alunos gostam de estudar o basicão, as vezes o professor procura aprofundar a matéria nas salas de aula e alguns alunos ficam revoltados, achando que não vai ser cobrado naquele nível. 

Estude como se a prova fosse a mais difícil do mundo. 
Estude com vontade de acertar toda e qualquer questões que seja cobrada daquele conteúdo programático.
Estude com a determinação de gabaritar todas as questões e acertar tudo.

O sacrifício será grande, mas valerá muito a pena quando seu nome sair, não apenas na lista dos aprovados, mas dentre os primeiros colocados.


Professor Fábio Silva
Atualmente ocupa o cargo de Delegado de Polícia Civil do Amazonas, já conquistou aprovação em vários concursos públicos. Coordenador do Portal Sou Concurseiro e Vou Passar.