quarta-feira, 23 de julho de 2014

INSS concurso público a caminho



O INSS já encaminhou o pedido de 2 mil vagas ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, para abertura de concurso na função que exige nível médio e tem salário inicial de R$ 4,5 mil. Devido à demora na autorização, seleção deverá abrir inscrições somente no próximo ano. 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ligado ao Ministério da Previdência Social encaminhou ao Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, uma solicitação para realização de um novo concurso público. O objetivo do Instituto é suprir vagas que estão em aberto nas diversas unidades do órgão em todo o Brasil em virtude de demissões, funcionários que já têm o desligamento programado da instituição, servidores em abono permanência, aposentadorias, além do fato de o quadro de pessoal do Instituto não acompanhar o crescimento da Previdência. 

O instituto solicitou ao Ministério do Planejamento a contratação de 3.080 novos servidores, sendo 2.000 Técnicos do Seguro Social e 1.080 Peritos Médicos Previdenciários. No entanto, com o corte de gastos por parte da União feito recentemente, deverão ser ofertadas pouco mais de 1.000 vagas para a carreira de nível médio, segundo comentou o Deputado Amauri Teixeira, que se reuniu com a Ministra do Planejamento Miriam Belchior, em conjunto com os Deputados André Figueiredo e Roberto Santiago. 

Com demora na autorização, concurso do INSS deve ficar para 2015, o Ministério do Planejamento ainda não se pronunciou a respeito do assunto. A reunião entre a Ministra e os Deputados aconteceu no dia 1º de abril, onde ainda foi discutida a contratação às pressas de 400 aprovados no concurso do Instituto ocorrido em 2011. Esta solicitação ocorreu porque o INSS tem a necessidade permanente de recomposição de seu quadro de pessoal, e o seu ultimo concurso está com a validade esgota desde o dia 18 de abril. Veja a notícia da convocação dos 400 Técnicos. 

O cargo de Técnico do Seguro Social exige escolaridade de nível médio e tinha em 2012 a atrativa remuneração de R$ 4.400,87 mensais (já acrescidos da gratificação de atividade Executiva e de desempenho de atividades do Seguro Social). Já o cargo de Perito Medico Previdenciário exige ensino superior em medicina e registro profissional com remuneração de R$ 10.056,80 (já acrescidos de gratificação de desempenho de atividade de Perícia Médica Previdenciária). Em ambos os casos, aos valores estão acrescidos R$ 373,00 de auxílio-alimentação. 

Fonte: acheconcursos.com.br