sexta-feira, 23 de outubro de 2015

INSS confirma: edital está quase pronto


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deseja publicar o mais breve possível o edital do concurso para 950 vagas, que já está na fase final de elaboração. A informação foi dada pela presidência do INSS à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS) e à Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), em novo encontro, realizado na última terça-feira, dia 20, com a presença da presidente da autarquia, Elisete Berchiol, e do diretor de Gestão de Pessoas, José Nunes Filho.  Quem informou isso foi a diretora da CNTSS, Terezinha de Jesus Aguiar, que esteve no encontro, agendado inicialmente para tratar do plano de reposição do período de greve da categoria. “Sobre o concurso, eles voltaram a dizer que o edital está em elaboração final e que não irão demorar para publicá-lo, pois desejam abrir o concurso o mais rápido possível, diante das carências”, afirmou. 

A autarquia precisa publicar o edital até 29 de dezembro, prazo fixado pela portaria de autorização do Ministério do Planejamento, e que deverá ser encurtado, ainda mais pelo que a presidência do instituto tem informado aos sindicalistas. O INSS, de fato, já possui vários detalhes definidos. O Cespe/UnB foi confirmado organizador da seleção, pela Assessoria de Imprensa do INSS, apesar de a publicação ainda ter saído no Diário Oficial da União (DOU). A definição ocorreu por dispensa de licitação. A informação de que o documento está em fase final de elaboração cria ainda a expectativa de que possa ser divulgado muito em breve. 

É provável também que o INSS já tenha definido a distribuição das vagas pelos estados, pelo fato de já ter escolhido o organizador. Espera-se que todas as unidades da federação sejam contempladas, tendo em vista as necessidades de pessoal da autarquia em todo o país. O edital pode sair após um concurso de remoção interna de técnicos, tendo em vista que o de analista já foi finalizado. No entanto, questionado sobre a possível divulgação da seleção para 950 vagas após o concurso interno, o INSS não manifestou-se.

Das 950 vagas autorizadas, 800 são de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem remuneração de R$4.614,87 (chegando a R$5.259,87, após seis meses), e 150 de analista, para graduados em Serviço Social, com rendimentos de R$6.832,89 (até R$7.869,09). O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade.

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO: